Vaticano doa ventiladores e material cirúrgico à Síria

Fonte: Expresso

Três hospitais da Síria recebem ventiladores doados pelo Vaticano, para os doentes infetados com Covid-19. A oferta conta com a colaboração da Organização Internacional Fundação AVSI. 

A informação foi divulgada por um comunicado da Santa Sé, divulgado pelo Expresso, que declara que o papa Francisco doou ventiladores a hospitais na Síria e Jerusalém e equipamentos de diagnóstico a Gaza, para tratar os infetados pelo novo coronavírus. 

Além do material hospitalar, o comunicado adianta que foi feita uma “contribuição extraordinária” para o hospital “Holy Family” de Belém, na Palestina. 

Da fonte de ajuda fazem parte as Congregações das Igrejas Orientais, bem como outros pedidos que estão a ser analisados e programados. A Congregação apoia, todos os anos, igrejas e universidades católicas, deslocados da Síria e do Iraque e refugiados do Líbano e Jordânia. O papa instituiu, ainda, um Fundo de Emergência para “não deixar só aqueles que sofrem” na luta contra “a emergência mundial” do coronavírus, cita o Expresso. 

De acordo com o Expresso, em todo o mundo, a pandemia já causou mais de 154 mil mortos e mais de 2,2 milhões de pessoas contaminadas em 193 países.