Trump ordena a destruição dos navios iranianos que ameacem no Golfo

Donald Trump ordenou, esta quarta-feira, dia 22 de abril, à Marinha dos EUA, a destruição de embarcações iranianas que ameacem os navios norte-americanos no Golfo.

De acordo com o Público, na semana passada, o Pentágono acusou Teerão, capital do Irão, de realizar “manobras perigosas” na região do Golfo. Para além disso, referiu que 11 lanchas dos Guardas da Revolução iraniana se atravessaram várias vezes em frente a navios dos Estados Unidos que patrulham o mar, a pouca distância e a grande velocidade.

“Ordenei que a Marinha dos EUA abata e destrua qualquer embarcação iraniana que ameace os nossos navios no mar”, escreveu Trump na sua conta pessoal do Twitter.

A 5.ª frota da Marinha dos EUA, no Bahrein, ainda não respondeu a perguntas enviadas pelos jornalistas acerca da mensagem do Presidente dos EUA.

Segundo o Observador, a ameaça de Trump surgiu após os Guardas da Revolução anunciarem “a colocação em órbita de um satélite militar que os especialistas consideram ter sido produzido no âmbito de um programa espacial secreto desenvolvido pelo governo de Teerão”.

Os Estados Unidos e o Irão estão sob tensão desde que Trump saiu unilateralmente do tratado nuclear internacional e acusou Teerão por incumprimento das regras de contenção do seu programa nuclear. O Presidente dos EUA impôs, ainda, sucessivas vagas de sanções económicas que provocaram retaliações.

Em conformidade com o Público, o clima de tensão acentuou-se quando os Estados Unidos mataram o general iraniano Qasem Soleimani, num ataque aéreo em Bagdade. Perante este acontecimento, o Teerão disparou mísseis contra bases militares iraquianas onde estavam soldados dos EUA.