Quatro farmácias encerradas devido a casos de infeção

quatro farmácias fechadas por se terem registado casos de infeção, pelo Covid-19, em membros das suas equipas, informou, em comunicado, a Associação Nacional das Farmácias (ANF).

ANF revelou que se tratam de dois estabelecimentos do distrito do Porto, que suspenderam a sua atividade no dia 12, um em Aveiro e o outro no distrito de Lisboa, que encerraram na segunda-feira, dia 16 de março, em “consonância com as orientações dos delegados de Saúde”.

“A rede de farmácias oferece sempre aos cidadãos alternativas de proximidade, mas estes casos reforçam a necessidade das medidas de proteção das equipas que têm sido tomadas pelas farmácias”; referiu, na nota de imprensa, o secretário-geral da ANF, Nuno Flora.

A associação apelou aos cidadãos com sintomas suspeitos do novo vírus para contatarem primeiro a linha SNS24, destacando que “todas as pessoas devem também planear as suas visitas às farmácias antes de saírem de casa”.

Deste modo, deve-se elaborar a lista dos medicamentos de que necessita, bem como organizar as receitas em papel e preparar as mensagens de telemóvel com as receitas eletrónicas. E “sempre que possível, devem contatar previamente a sua farmácia pelo respetivo telefone ou e-mail”.

Segundo o Expresso, já existem farmácias que aceitam os pedidos de encomendas por e-mail ou via whatsapp e que agendam, depois, o dia e hora de entrega para evitar filas de espera à porta dos estabelecimentos.