Pedro Jóia grava novo álbum com música de José Afonso

Fonte: hojemacau

O novo álbum do guitarrista Pedro Jóia é dedicado a José Afonso (1929 – 1987), que o músico aponta como “uma referência”. O álbum vai sair no próximo dia 29 de maio.

Numa entrevista à Lusa, Pedro Jóia afirmou que “Zeca”, o seu sétimo disco, trata-se de um projeto no qual o músico já pensava há muito tempo e que a decisão em gravar o álbum foi incentivada pelo músico Fausto, que tocou com José Afonso. Sobre o disco, Fausto, na contracapa, afirma-se “deslumbrado” e refere que José Afonso iria “gostar de gravar um álbum acompanhado por Pedro Jóia”.

O “principal desafio foi manter a verdade da música do Zeca, mantendo a sua simplicidade, sem artifícios e não a ornamentar demasiado, guitarristicamente”, referiu Pedro Jóia. Salientou ainda que a viúva de José Afonso, Zélia, acompanhou o processo e que foi “uma das primeiras pessoas a ouvir o resultado.

O álbum, editado pela Sony Music, conta dez temas “emblemáticos” da carreira de José Afonso, disse Pedro Jóia, que realçou a faceta de “cidadão empenhado” do autor de “Índios da Meia Praia”. Além disso, afirmou que o CD “tem um certo percurso histórico” que vai “desde o tempo das baladas de Coimbra às últimas gravações do Zeca”.

“A Formiga no Carreiro”, “A Morte Saiu à Rua”, “Venham Mais Cinco” ou “Balada de Outono” são alguns dos temas escolhidos por Pedro Jóia, que reconheceu “haver algo de novo nos temas gravados, respeitando a sua estrutura e sem lhe ter alterado nada”. Na guitarra clássica, Pedro Jóia gravou os temas apenas acompanhado por José Salgueiro, na percussão.