Madonna doa 917 mil euros para ajudar a tratar a covid-19

A cantora norte-americana doou um milhão de dólares (917 mil euros) na angariação global de fundos, esta segunda-feira, dia 4 de maio, lançada pela Comissão Europeia. Foram conseguidos, no total, 7,4 mil milhões de euros para tratar o coronavírus.

Numa mensagem em vídeo, a presidente da Comissão Europeia, Úrsula von der Leyen, agradeceu todas as contribuições feitas para ajudar a tratar a pandemia. Os 7,4 mil milhões de euros vão ser usados para vacinas, formas de diagnóstico e tratamentos.

“Agradeço-vos a todos. Hoje podemos dizer o mundo está unido contra o novo coronavírus e que o mundo vai ganhar”, declarou Ursula von der Leyen.

De acordo com a SIC notícias, esta quantia foi conseguida cerca de três horas depois do início da videoconferência de dadores, que arrancou pelas 15h00 de Bruxelas, segundo os dados divulgados pelo executivo comunitário no portal da Internet criado para publicar as promessas de contribuições.

O objetivo inicial era de conseguir 7,5 mil milhões de euros para investigação de tratamentos para a covid-19. Contudo, o valor final deve ser largamente superado, já que a angariação de verbas só termina no final de maio.