Fronteiras e aeroportos italianos com reabertura prevista para 3 de junho

Fonte: Notícias ao Minuto

A cidade de Itália, uma das mais afetadas com a pandemia Covid-19, vai abrir as suas fronteiras a partir do dia 3 de junho. A medida de abertura num período de 14 dias a contar desta quarta-feira, dia 20 de maio, foi anunciada pela ministra dos transportes, Paola de Micheli.

Segundo declarações da ministra, a abertura da ligação ao exterior vai, permitir viagens inter-regionais e internacionais, e acabar com a “limitação ao transporte público”. De acordo com a Lusa, foi também anunciado por Micheli que poderá acontecer a partir do terceiro dia de junho, um “novo aumento nos serviços de transporte público”.

Paola de Micheli revelou-se ainda confiante que as ordens impostas até então nos setores dos transportes, pois estarem revelaram imprescindíveis para “poupar custos inúteis às empresas de transportes diante da escassa procura, já que a população permaneceu confinada”.

O transporte aéreo foi muito afetado em Itália. Informações reveladas pela Assaeroporti, a Associação Italiana de Gestão Aeroportuária, indicavam que, num período de um mês, os aeroportos do país perderam cerca de 11.5 milhões de viajantes, num ano em que se previa a chegada de 200 milhões de turistas.

Fonte: Renascença

Itália registou esta quarta-feira, 665 novos casos de coronavírus e 161 mortes. Desde o início da pandemia já 227 364 italianos contraíram o vírus e 32 330 morreram.