Covid-19: EUA estendem a suspensão de voos ao Reino Unido e à Irlanda

Mike Pence, vice-presidente dos EUA, anunciou na conferência da Casa Branca, no passado sábado, dia 14, que a suspensão de voos vai ser alargada ao Reino Unido e à Irlanda. A medida entra em vigor à meia noite de segunda-feira.

Como forma de evitar a propagação do coronavírus, Donald Trump já tinha anunciado, na quarta-feira, a suspensão de voos provenientes de países do Espaço Schengen durante, pelo menos, 30 dias. O Reino Unido e a Irlanda estavam excluídos desta medida.

Mike Pence referiu ainda que os norte-americanos que cheguem aos aeroportos dos dois países vão ser reencaminhados para aeroportos específicos para serem testados.