Covid-19: Bolsonaro obrigado a revelar testes

Fonte: Observador

O Tribunal Federal exige que o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, divulgue o resultado dos testes que fez à Covid-19, e não apenas os relatórios médicos.

De acordo com o Tribunal, o estado de saúde do Presidente revela-se de importância extrema, devido ao cargo que desempenha. Por isso, Bolsonaro terá de apresentar os relatórios dos testes que fez para a doença da Covid-19. 

O juiz desembargador, André Nabarrete, afirma que “a sociedade tem que se certificar que o senhor Presidente está ou não acometido da doença”, citado pelo Observador. O juiz alerta para a gravidade da pandemia, e reconhece a necessidade e emergência da divulgação dos exames médicos do Presidente. 

Segundo o Observador, a decisão do Tribunal Federal segue-se à deliberação da juíza federal, Ana Lucia Petri Betto, no dia 30 de abril. Ana Lucia tinha já determinado a divulgação dos resultados dos testes de Jair Bolsonaro ao novo Coronavírus em 48 horas, mas em resposta, obteve apenas um relatório médico de 18 de março de 2020. A Coordenação de Saúde da Presidência da República informou que o Presidente testou negativo à Covid-29, mas a falta do relatório fez o Tribunal renovar o pedido. 

Bolsonaro alega que a divulgação dos testes representa invasão da sua privacidade, o que faz com que não queira apresentar os resultados. Em março, a Fox News evidencia que os filhos de Bolsonaro afirmam que o Presidente testou positivo, coisa que Bolsonaro desmente. Sem qualquer resposta definitiva de Bolsonaro, apenas resta a dúvida se vários dos ministros e assessores testaram positivo à Covid-19, devido a terem estado em contacto com o Presidente, ou não.