Confinamento no Reino Unido prolongado até 1 de junho

Fonte: Diário de Notícias

O estado de confinamento no Reino Unido foi prolongado até 1 de junho pelo primeiro-ministro Boris Johnson, que informou este domingo, dia 10 de maio no governo britânico. No início de junho, o primeiro-ministro considera poder “reabrir lojas e escolas primárias”.

Boris Johnson disse que apesar de terem “feito progressos no cumprimento de pelo menos algumas das condições” estabelecidas, ainda falta o cumprimento de algumas. Por isso, acredita que “não é o momento para encerrar” a contenção que teve início a 23 de março.

De acordo com a Lusa, o primeiro-ministro britânico afirma que pode surgir a reativação do setor hoteleiro e de alguns espaços públicos no mês de julho se os cientistas o orientarem. O líder do Partido Conservador também comunicou que pretende estabelecer “uma quarentena para as pessoas que entram no país de avião”.

“Covid Alert System” (sistema de alerta que classifica o nível de coação do vírus) composto por cinco pontos foi apresentado no governo britânico por Johnson que acordará que o progresso da pandemia da Covid-19 seja controlada em distintas partes do território e ainda que as limitações sejam alteradas conforme o essencial.

Gráfico do sistema de alerta – “Covid Alert System”
Fonte: The Sun

A partir de um balanço da agência noticiosa francesa AFP, o novo coronavírus já provocou mais de 279 mil mortos e são já se registaram mais de quatro milhões de infectados em todo o mundo. O número de curados já ultrapassou os 1,3 milhões de pessoas.