António Costa anuncia a chegada de equipamentos de protecção individual

Foto: Twitter de António Costa

O primeiro-ministro, António Costa, declarou hoje, dia 27 de março, a chegada ao Porto do avião da Ethiopian Airlines, com milhares de equipamentos de proteção individual (máscaras, fatos e botas). Todos os materiais vão ser distribuídos onde mais se precisa.

De acordo com a Agência Lusa, 4,6 milhões de máscaras, 2,56 mil fatos e 20 mil cobre botas chegaram hoje a Portugal. O primeiro-ministro faz uma visita aos centros industriais de Famalicão e Matosinhos que adaptaram a sua actividade na produção de equipamentos médicos, como por exemplo ventiladores.

Na conta pessoal do Twitter, António Costa, conta o acaso feliz que aconteceu no momento em que chega ao Porto – “Há coincidências felizes. Ao aterrar hoje no Porto, deu-se a coincidência de ter apanhado o momento exato da descarga de milhares de equipamentos de protecção individual, fatos de protecção e máscaras”. Acrescenta que em breve, todos os equipamentos vão ser distribuídos por onde fazem falta. No fim da publicação no Twitter, o primeiro-ministro garante que estão a reforçar as compras e a receber donativos.

Foto: Twitter de António Costa / A chegada ao Porto

Segundo a Lusa, o gabinete de Costa afirma que as visitas aos centros industriais foi como uma forma de agradecimento pelo exemplo que os dois centros industriais estão a fazer: “dar visibilidade à capacidade de iniciativa e voluntarismo de organizações que adaptaram a sua actividade à produção de bens essenciais ao combate à pandemia covid-19, nomeadamente ventiladores e equipamentos têxteis hospitalares”.